Galeria

Custódia da Colômbia, “La Lechuga” no Museu Nacional de Arte Antiga até 3 de Setembro

Esta extraordinária obra de arte é conhecida como “La Lechuga” (a alface) devido ao verde intenso gerado pelas quase 1500 esmeraldas, que brilham ao lado de um topázio brasileiro, pérolas de Curaçau, ametistas da Índia, diamantes africanos, rubis de Ceilão (Sri Lanka) e uma safira do Reino de Sião (hoje, Tailândia); um total de 1759 pedras preciosas de altíssima qualidade, encastradas numa peça de ouro de 18 quilates.
Em 310 anos, é a segunda vez que esta extraordinária peça de ourivesaria sai da Colômbia. Foi encomendada em 1700 pela Companhia de Jesus do então Novo Reino de Granada, hoje Colômbia.