Portugal bate recorde de turistas estrangeiros

 Nunca antes Portugal recebeu um número tão grande de turistas estrangeiros, como o fez em 2015. De acordo com dados oficiais divulgados esta semana, no ano passado foi revelado como o melhor ano de sempre para o turismo nacional, com quase 18 milhões de clientes que ficam em hotéis portugueses; dez milhões deles do exterior.
Os números do Instituto Nacional de Estatísticas(INE) revelou também que os milhões de turistas que visitam a Costa Portuguesa impulsionaram as receitas dos hotéis para quase 2,5 bilhões de euros.

O crescimento total das receitas no ano passado relativamente a 2014 foi passou a a 8,6% ajudando ainda mais a economia de Portugal que é fortemente dependente do turismo.

Atualmente, o turismo e as actividades relacionadas com o turismo representam cerca de dez por cento do produto interno bruto do país, mas com aumentos, como se verificou em 2015, está previsto que a “participação” do turismo na economia do país fará com que o PIB aumente ainda mais.

 O Instituto Nacional de Estatísticas disse também que o número de turistas estrangeiros atingiu 10,18 milhões em 2015, um aumento de dez por cento em relação ao ano anterior, enquanto o número de turistas nacionais aumentou sete por cento, para 7,3 milhões.

 No geral, as receitas de hotéis aumentaram mais de 13 por cento, o que foi explicado devido à capacidade de cobrar mais para os quartos devido ao aumento da procura de alojamento.

 Em conjunto com esse boom no turismo, Portugal recebeu mais de 50 novos hotéis em 2015, com a maioria deles com foco no segmento de luxo do mercado.

 A Secretária de Estado do Turismo Ana Mendes Godinho disse esta semana que Portugal vai continuar a centrar as suas actividades promocionais nos principais mercados como o Reino Unido, Espanha, França, Alemanha e Holanda.

 Esta notícia segue um estudo divulgado pelo Instituto do Turismo Português que afirma que a esmagadora maioria dos operadores turísticos em Portugal esperam melhores resultados em 2016 do que os mesmos do ano anterior.

 O Barômetro do Turismo revelou que mais de dois terços (67,8%) dos operadores disseram que este ano ultrapassaria 2015, enquanto que um quarto disse que acreditavam que os resultados de 2016 seriam, pelo menos, correspondentes aos do ano passado.

 Isto coincidiu com a notícia de que o 10º “Annual Holiday Money Report 2016” da Post Office Travel Money também colocou o Algarve como o destino mais barato para os turistas do Reino Unido, pela primeira vez em cinco anos, com os preços a baixo mais de 18% ano-a-ano, devido ao fortalecimento real em relação ao euro.

Saiba mais AQUI.