Portugal sobe sete lugares no índice de competitividade

Portugal sobe sete lugares no Índice de Competitividade da Escola de Gestão International Institute for Management Development (IMD), sedeado em Lausanne, na Suíça.

Melhorias no acesso ao crédito, no sistema a de Justiça e no investimento ajudaram Portugal a subir num Índice de Competitividade da escola de gestão IMD, que aponta por outro lado, para quedas na investigação feita dentro das empresas e para necessidades de reduzir a burocracia.
Portugal ficou em 36º lugar na lista, composta por 61 países. Esta classificação refletiu uma subida de sete lugares relativamente à classificação obtida em 2014. O relatório mede a capacidade dos países para fomentar a competitividade empresarial e analisa, através de dezenas de indicadores, o desempenho da economia, a eficiência dos governos e dos negócios, e a qualidade das infraestruturas.
Comparado com os outros países, Portugal tem como pontos fortes a educação, a legislação e os preços (os três pontos onde está mais bem classificado). Pelo contrário, tem um mau desempenho no que respeita aos níveis de emprego, finanças públicas e práticas de gestão, três indicadores onde está próximo do fundo da tabela.

Saber mais aqui.